Poema: Extinção

Marcadores:

Essa biodiversidade foi difícil de achar
Mas nós, seres inconscientes, estamos deixando desperdiçar.
Temos que pensar e nos conscientizar
Para não deixar a natureza acabar.


E nossa amiga danada
Nossa querida onça-pintada.
O símbolo do nosso Brasil,
E você, já viu?


E o nosso mico-leão
Um tesouro dourado.
Está quase em extinção,
Não é possível ficar parado


E a sussurana
Que vale uma grana.
Quem a traficar,
Vai entrar em cana



Gabriela Eliza

0 comentários:

Postar um comentário